Sea

Secretaria do Estado da Administração

ENCONTRE SUAS

NOTÍCIAS

Governo economiza em nove meses combustível suficiente para ir e voltar mil vezes do Oiapoque ao Chuí

04 de OUTUBRO 2019

Desde o início do ano, quando o Governo adotou uma nova sistemática para compra de combustíveis para abastecer a frota catarinense, já foram economizados 896 mil litros, entre gasolina e óleo diesel. Essa quantidade daria para percorrer mil vezes o Brasil de ponta a ponta, com um carro popular, considerando  idas e retornos. A conta foi feita considerando a distância dos pontos extremos do País em linha reta que é de 4.174 quilômetros e a capacidade de consumo de um carro popular que  percorre, em média, dez quilômetros com um litro de combustível. Nesse caso, com 896 mil litros seria possível deslocar um percurso de 8 milhões e 960 mil quilômetros, ou 2.146 vezes a distância entre os extremos do Brasil, do Oiapoque ao Chuí.

 

Em reais, a economia se reflete em mais de R$ 6,4 milhões, considerando a diminuição na compra do combustível e os custos operacionais que deixaram de ser gastos com o antigo sistema. A implantação desse novo modelo foi possível com a realização de uma única licitação para contratação de uma empresa fornecedora, que faz a negociação direta com os postos. Até o ano passado, as compras eram feitas por meio de mais de 2.600 contratos, celebrados diretamente com os postos, onerando o sistema e burocratizando o processo de compra.

 

O diretor de Patrimônio da Secretaria de Estado da Administração Welliton Saulo da Costa, explica que a redução no consumo de combustíveis pelo Estado está relacionada aos pontos de oferta para abastecimento. “Antes, muitos veículos tinham que deslocar cerca de 30 ou 40 quilômetros para encontrarem os postos credenciados. Hoje, praticamente não existem postos fora das rotas de deslocamentos da frota. É aí que economizamos, tanto em combustível como em quilometragem rodada,“ disse. Atualmente, são mais de 700 postos credenciados, mais que o dobro do que era anteriormente.

 

Outro aspecto importante é quanto ao valor pago pelo litro dos combustíveis, que agora é o preço anunciado nas bombas para pagamentos à vista. Antes, o Estado chegava a pagar até 15% a mais porque o repasse para os postos era demorado e burocrático. Agora, segundo o diretor, “um aplicativo também auxilia os conduotes a buscarem a melhor oferta entre os credenciados”.

  

Importante esclarecer também que a economia gerada não significou redução na frota, que continua com cerca de 11.750 veículos e prestando os mesmos serviços aos cidadãos.

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Administração 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Centro Administrativo Rodovia SC 401 KM 5 nº 4.600 Saco Grande II. Caixa Postal 138 Florianópolis - SC. CEP 88032-000 - Brasil. Telefone: (48) 3665-1400 Horário de Expediente Administrativo: Das 12h às 19h, de segunda à sexta-feira (Decreto N° 1.410 de 18 de dezembro de 2017) E-mail para contato: site@sea.sc.gov.br