Sea

Secretaria do Estado da Administração

ENCONTRE SUAS

NOTÍCIAS

Inovação: nova ferramenta para medição dos indicadores de desempenho é apresentada a servidores

16 DE JANEIRO DE 2020

Uma plataforma que permite visualizar todas as áreas do Governo de Santa Catarina, com notas, explicações e medições de qualidade baseada em indicadores de desempenho. Esta é a ferramenta que foi apresentada na tarde de hoje ao grupo de servidores representantes de diversas entidades e órgãos do executivo estadual, que se reuniram na Secretaria de Estado da Administração para finalizar o processo de construção do Modelo de Avaliação por Indicadores de Desempenho do Governo de Santa Catarina.

 

De acordo com Giovanni Cardoso Pacheco, Coordenador do grupo de trabalho que construiu o modelo, com a finalização e automação destas informações o governo passa agora a fazer medições mensais dos indicadores, para avaliar o desempenho e as melhorias necessárias para elevar o desempenho das ações de governo. “Ao todo são 269 indicadores, envolvendo todas as áreas do Governo, como saúde, educação e infraestrutura. Com o encontro de hoje, vamos começar a trabalhar nestes indicadores de forma transversal, para facilitar a comunicação e o desempenho de todas as áreas com o objetivo de aprimorar a Gestão de Santa Catarina” afirmou.

A plataforma estará disponível a partir da semana que vem, para os gestores de todas as áreas do Estado e conta com uma interface simples, onde é possível verificar os indicadores de sua pasta, as notas de avaliação, e os objetivos a serem alcançados. “Sabemos onde estamos, e aonde queremos chegar, e esta ferramenta proporciona uma fotografia real do Estado neste momento” avaliou Pacheco.

 

Todas as secretarias e entidades que participaram do processo de construção do modelo definiram hoje o processo de acompanhamento dos indicadores, sinalizando quais as áreas que são transversais nos órgãos e entidades do estado. Segundo Pacheco, a transversalidade das ações de governo é uma inovação desta gestão. “Por exemplo, se o indicador fala em saneamento básico, nós estamos falando de gestão da saúde, da assistência social, da Casan, enfim, para cada indicador há uma transversalidade a ser desenvolvida e assim o Governo do Estado não se baseia mais em ‘ilhas’ mas num conjunto único que tem como meta a excelência na gestão pública” conclui.

A partir de agora, todos os meses os órgãos e entidades terão que alimentar o modelo com os indicadores atualizados, a Secretaria Executiva de Integridade e Governança passa a analisar os dados e, nas reuniões de Colegiado do Governo, os Secretários, junto ao Governador, terão base para propor planos de ação e melhorias nos indicadores que apresentarem baixo desempenho.

 

 


Fotos e Texto: Rafaela Gesser

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Administração

ÚLTIMAS NOTÍCIAS