Secretaria de Estado da Administração

Edit

JORGE
EDUARDO TASCA

Secretário da Administração

LUIZ
ANTÔNIO DACOL

Secretário-Adjunto da Administração

CENTRO ADMINISTRATIVO

Centro Administrativo do Estado de Santa Catarina - Saco Grande, SC 401 - Florianópolis - SC.

HORÁRIO DE EXPEDIENTE

Das 12h às 19h, de segunda à sexta-feira (Decreto N° 1.410 de 18 de dezembro de 2017)

DESENVOLVEDOR

SEA / DITI / GESIN

ASSESSORIA DE
COMUNICAÇÃO

Krislei Oechsler
Fone: (48) 99193-3013 (48) 3665-1636
E-Mail: comunicacao@sea.sc.gov.br

PARCEIROS

NIDUS lab promove oficina sobre Linguagem Simples

O laboratório de inovação do Governo de Santa Catarina – NIDUS, promoveu na última terça-feira, 24, a primeira aula da oficina Linguagem Simples. Em parceria com o Irís,  Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará, a aula reuniu 44 servidores da Secretaria de Estado da Administração para uma primeira conversa sobre o que é Linguagem Simples.

De acordo com a Coordenadora do NIDUS Lab, Luana Bayestorff, a iniciativa coloca em pauta uma nova forma de se comunicar com o cidadão catarinense. “Temos um dado alarmante no nosso país, onde apenas 12% da população brasileira consegue compreender textos complexos. Vemos as iniciativas de outros Estados, e municípios que estão utilizando as diretrizes da Linguagem Simples para se comunicar com o cidadão, e os resultados são mais eficiência na prestação de serviços, mais transparência das ações de governo e mais confiabilidade nas instituições públicas” afirmou.

A primeira aula foi ministrada pela  coordenadora do Programa Linguagem Simples no estado do Ceará, Isabel Ferreira Lima. Os participantes puderam ter um primeiro contato com as diretrizes básicas da linguagem simples, e tiveram a oportunidade de colocar em prática os conceitos aprendidos, com a realização de uma atividade prática. A próxima aula, programada para dia 02 de setembro, desenvolverá o tema “visual law”.

Arte: Nidus Lab

Sobre Linguagem simples

Linguagem Simples é uma técnica de comunicação que tem como objetivo tornar textos e documentos mais acessíveis a toda a população. Esse movimento surgiu no  Reino Unido e nos Estados Unidos na década de 1940, e atualmente, mais de 30 países buscam simplificar seus textos, normas e documentos oficiais. 

Com a aplicação da linguagem simples em documentos governamentais, os cidadãos conseguem localizar rápido a informação que procuram, compreender o que está escrito e agir, com mais rapidez e eficiência, vencendo as barreiras que existe entre governo e cidadão, facilitando o acesso dos serviços públicos para a população.

 

 


Texto: Rafaela Gesser
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Administração