Sea

Secretaria do Estado da Administração

TÍTULO

SUB-TÍTULO

Governo sem Papel permite trabalho remoto de servidores durante epidemia de Coronavírus e gera mais de 32 milhões de economia em um ano

Com as restrições de contato social para evitar a proliferação do novo coronavírus em Santa Catarina, inúmeros servidores passaram a atuar remotamente, fora de suas sedes de lotação, graças a possibilidade de acessarem documentos e processos online, via SGPE- Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos, implantado em todos os órgãos do Executivo, pelo programa Governo sem Papel.

Em dois de abril de 2019, foi dada a virada de chave, no Estado, quando todos os processos deixaram de ser abertos em meio físico e passaram somente a tramitar de forma digital. Em um ano, o programa já economizou mais de 32 milhões de reais aos cofres públicos, além de preservar mais de duas mil árvores e trazer eficácia e agilidade na gestão de processos administrativos e tramitações documentais em toda esfera do Executivo estadual.

Ao longo de um ano, foram realizados mais de 100 cursos de capacitação, presenciais e à distância, para atender e orientar os servidores a utilizarem o sistema. De acordo com a coordenadora do SGP-e, Gisela da Fonseca, o Governo sem Papel foi implantado com o esforço de conscientização e mudança de cultura no manejo processual de documentos no Estado. “Foi um trabalho de orientação técnica, mas também de conscientização dos servidores, sobre a importância e a celeridade dos processos digitais em suas tramitações”, afirma.

De acordo com o diretor de Tecnologia e Inovação da SEA, Felix Fernando da Silva, o Governo sem Papel é um marco para a administração pública estadual. “A inovação e o uso das tecnologias estão diretamente ligadas a uma gestão pública eficiente. Sem dúvidas, o Governo sem Papel veio para quebrar barreiras e construir um novo modelo no Estado de Gestão e Administração” destacou.

Além de economia, hoje o programa Governo sem papel também é o responsável por fazer as áreas administrativas de todos os órgãos continuarem atuando, mesmo meio à crise da pandemia provocada pelo Coronavírus, por proporcionar trabalho em regime de home-office (trabalho remoto) aos servidores catarinenses. “O trabalho do Governo do Estado não parou, e isso é importante principalmente agora, que os cidadãos catarinenses mais precisam do apoio e de decisões céleres e concretas do Governo” afirma o Secretário de Administração do Estado, Jorge Eduardo Tasca.

 


 

Texto: Rafaela Gesser/ Krislei Oechsler

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Administração