Nesta terça-feira, 5, o governador Moisés inovou ao entregar aos 40 parlamentares a mensagem de abertura do ano legislativo apenas em meio digital. A iniciativa também oficializa o início do programa Governo sem Papel, que pretende, em 90 dias, extinguir toda a emissão e tramitação de documentos impressos no Executivo estadual.

 

 

 

Esta foi a primeira vez que o chefe do executivo catarinense opta apenas pela entrega digital da mensagem. Todos os deputados receberam um pen card contendo o texto na íntegra. Até a gestão passada, o texto fora entregue em meio digital e outras dez cópias foram impressas.

 

 

 

Fazendo uma projeção, se o governador tivesse optado por imprimir na íntegra a mensagem lida para todos os 40 deputados na Alesc, os valores gastos poderiam ultrapassar R$12 mil. O cálculo foi feito com base no valor unitário da última mensagem de janeiro de 2018, quando alguns exemplares impressos em formato de livro, ao preço unitário de R$319,50, mais R$ R$1.297,50 para aquisição de 50 pencards. ''Nesse ano, o governo desembolsou apenas os valores dos pencards, que custaram R$1.375,00, no total. Isso sem falar que os deputados poderão dar outro destino aos pen cards, inclusive como arquivo pessoal ou para armazenar os projetos de Lei de interesse da população“, disse.